28 de Novembro de 2008

 À luz meio baça do ambiente olhei para os outros ocupantes dos bancos no café. Meia dúzia de homens tristonhos com uma garrafa de cerveja à frente, a matar o tempo no fim de tarde de uma sexta-feira. Lá fora chove e faz um frio de rachar, “um barbeiro” como dizem por aqui. A tosta mista olha para mim do pires, parece ter um ar enjoado mas eu não me importo e ferro-lhe o dente enquanto está quente.

(Ouço que talvez neve no Gerez, acho que dou lá um salto este fim-de-semana.)

Pago o consumo e o “garçon” vendo-me sem guarda-chuva estendeu-me um suplente,

- Devolve-o na segunda, diz

. Não, obrigado, não é preciso pois a chuva está a passar. Bom fim-de-semana

Saio e dou uma corrida para o carro a fugir da chuva. Está um tempo melancólico!

publicado por carlos lopes às 20:07

Tá tá, um tempo do ka...neco

O que me vale é passar entre os pingos da chuva

Bom Fim de Semana
28 de Novembro de 2008 às 21:39

Obrigado.
Nem precisei de ir ao Gerêz pois nevou no monte do Sameiro de Sábado para Domingo.
Foi a alegria da pequenada.
Xicoração.
2 de Dezembro de 2008 às 16:37

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
22

23
24
25
26
27
29

30


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO