08 de Março de 2010

Neste Dia Internacional da Mulher resolvi lembrar aqui uma compositora de música séria (ou clássica ou o que raio lhe queiram chamar que isto de definições é uma chatice).

Cécile Chaminade (1861-1944) compôs música de câmara e para orquestra, a saber: uma Sinfonia lírica, duas suites sinfónicas, um bailado e muitas outras peças. Tal como outras mulheres compositoras ficou no esquecimento. Tirando os especialistas ninguém a conhece. Lembre-se que num jornal da época, em França, escrevia-se: «Não desejamos abrir as portas dos nossos teatros de ópera a mulheres autoras».

Verdade seja dita que compositores homens havia que reconheciam o verdadeiro valor destas mulheres. Referindo-se a uma outra compositora, Augusta Holmès, e ao mau acolhimento da sua ópera A Montanha Negra, Saint-Saëns dizia: «a mediocridade odeia as glórias inoportunas que jamais conseguirá atingir».

António Victorino d'Almeida na sua obra Toda a Música que eu conheço, de onde tenho tirado estas informações, escreve: «E torna-se extremamente desagradável citar apenas o título de obras escritas por mulheres cuja qualidade práticamente se desconhece...»

Para acabar trago aqui uma peça de Cécile Chaminade, Scarf Dance Op.37, tocada por Rina Cellini

 

 

publicado por carlos lopes às 19:19

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


blogs SAPO