21 de Setembro de 2006
    Estão aí as feiras de vinho nos hiper-mercados, é uma boa altura para fazer abastecimento da garrafeira.  Um dos vinhos que mais gosto é o famoso vinho do diabo como lhe chamavam os irmãos do bom frade Pérignon seu inventor. O champanhe, espumante ou cava consoante o país onde é produzido (França, Portugal ou Espanha) é um vinho que serve para acompanhar quase todo o tipo de comida.
    O que eu não sabia, mas um belo texto de Célia Lourenço na revista Blue Wine me informou, foi de que André Breton escreveu um poema em 1931 - L'Union Libre, traduzido por David Mourão Ferreira, em que o champanhe surge, de uma maneira muito bela, ligado ao imaginário. Deixo-vos pois esta lindíssima frase:
    "Minha mulher dos ombros de champanhe..."
publicado por carlos lopes às 19:24

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Setembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
15
16

17
19
20
22
23

24
25
26
27
29
30


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO