23 de Outubro de 2007
Tenho um projecto para não um mas sim vários posts.
Uma poesia, uma balada, que José Craveirinha escreveu em homenagem da sua falecida mulher - Maria.
É um longo poema e, portanto, terá que ser repartido por vários posts. Mas vale a pena.
José Craveirinha, para quem não sabe, é um poeta (grande poeta) moçambicano. Vencedor do Prémio Camões em 1991, nasceu em Lourenço Marques em 1922 filho de mãe negra e pai branco, algarvio. Membro da Frelimo, esteve preso entre 1965 e 1969, em Moçambique, durante a Guerra Colonial.
Termino com uma frase a abrir o livro que tem o poema-
"O Maria, balada inteira aí está. É a minha homenagem, a minha eterna grande dívida por saldar tudo quanto Maria significou e sempre significará para mim."
publicado por carlos lopes às 19:51

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

4 seguidores
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
15
17
18
20

21
22
24
25
27

28
29
31


arquivos
2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


subscrever feeds
blogs SAPO